“Love again” da Lady Gaga foi o que senti!

Na semana passada chegou aos cinemas o fim de uma grandiosa saga: os Avengers, the Endgame. Custou e custou muito! E obviamente que não poderia passar em branco aqui, mas o que eu vou expor não é o filme em si. O que eu quero realmente demostrar é toda a emoção que vivenciei e a mensagem que o filme transmite.

Antes de continuares a ler para baixo, tem em mente que provavelmente se ainda não o viste, deverias parar por aqui (se não gostares de spoilers)!
Aqui vai:

Ora bem, vou-me deixar de merdas e vou direta ao assunto: se és como eu, o que te mais arrepiou e fez confusão foi a morte do emblemático Homem de Ferro, e o que tu desejavas muito muito era que, ao invés, terminasse como um conto de fadas… Contudo, faz uma reflexão comigo acerca do que viste e tenta “pensar fora da caixa“! O que é que achas que os escritores tentaram dizer com esta crua morte? Juntaram o fictício à REALIDADE. Isto porque, nem todos os heróis sobrevivem, nem todos os heróis voltam da guerra, nem todos vivemos uma vida completa com quem amamos ao nosso lado… Todavia, todos perdem, mais cedo ou mais tarde. A vida não é feita apenas de alegrias, e se fosse, saberias valorizar esses momentos? Não, porque seriam garantidos.

O que eu quero tentar dizer é que: a perda faz parte da vida, faz parte de mim e de ti. E é essa a mensagem que, para mim, o filme passa. Se prestaste atenção, no decorrer do filme é enfatizado a relação que ele tem com a sua filha,–“I love you 3000.”– para que com isso sintas uma maior empatia e para que te apaixones pela relação de ambos. E no fim? Espeta-te uma faca no coração, e toda aquela doçura é despedaçada. Todo o ser que sente, simpatiza com este tipo de situações.
Se o Capitão América ou o Thor tivessem morrido no lugar do Homem de Ferro, sentirias aquilo que sentiste? Não, de todo. Isto porque o lado emotivo destes não é tão aprofundado como o do Stark.

Para te ser totalmente sincera, o Iron Man, de todos os Avengers, sempre foi para mim, “o Avenger“… E a morte dele seria sempre a mais terrível e por mim sentida… mas tenho que dar a mão à palmatória, e dizer: se não tivesse acontecido, o filme não seria tão bom, e não teria tanto impacto em ti como teve. “Ah e tal, em mim não teve”, então só te posso dizer para dares corda aos sapatos, porque não és DE TODOa real fan of the avengers, so you suck“.

“you can rest now.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s