Como ser mais produtivo : a prática é a solução?

Prática: a fórmula que pode definir se és bom ou não, naquilo que desejas alcançar, naquilo que desejas dominar.

1.- Qual é definição concreta desta palavra e o porquê de ela ter tanto impacto nas nossas ações?

Ora bem, se tu repetires vezes sem conta a mesma ação, com o objetivo de aperfeiçoares as tuas técnicas, seja a jogar futebol, a cozinhar, a dançar, ou até mesmo estudar (entre muitas outras possibilidades infindáveis de habilidades) os resultados, em princípio, surgirão. No fundo, e se pensarmos bem acerca disto, apercebemo-nos que o caminho para o sucesso é igual para todos, simplesmente altera, de pessoa para pessoa, a habilidade em causa, pronta para ser polida e dominada.

2.- O que é que a prática faz ao nosso cérebro para nos tornarmos melhor? 

 É aqui que a coisa se torna um bocado científica, mas vou tentar resumir isto em português. À medida que praticamos uma determinada habilidade (imagina, por exemplo, que queres aprender a rematar melhor a bola, ou a correr mais rápido, a tocar um instrumento musical com mais perícia, etc.), essa habilidade (praticada) irá produzir efeitos no nosso cérebro e no nosso corpo. Esses efeitos incidirão, desde logo numa substância chamada mielina, que “cobre” os axónios da matéria branca do teu corpo. Acontece que, à medida que praticas determinada habilidade, com destreza, a mielina também vai mudando. (vai aumentar, engrandecer, tornar-se mais forte, maior). Logo, a mielina tem por objetivo impedir a perda de energia dos impulsos elétricos que o nosso cérebro usa, movendo-os assim de forma mais eficiente. Portanto: Repetição de um movimento físico –> aumento da mielina —> o que nos levará a ser mais eficientes e confiantes acerca de uma determinada atividade.

3.- Quando tempo demora até dominarmos uma habilidade?

Existem inúmeras teorias que tentam quantificar o número de horas, dias, semanas, e até anos de prática que são necessários para atingir a domínio de uma capacidade — há autores que afirmam que só se domina uma habilidade após 10 mil horas de prática eficaz (o que não é bem verdade, e que já foi refutado, recentemente, por outros autores). De qualquer modo, o mais importante a reter é que não é necessariamente o tempo que se passa em torno de uma determinada tarefa ou habilidade que é o mais relevante, mas sim a qualidade, o foco, a eficácia.

4.- Como tirar o melhor proveito possível da então chamada “prática eficaz” ?Aqui vai umas dicas:

  1. Concentração. É necessário minimizar as distrações ao máximo (como por exemplo, os telemóveis, computadores, etc.).
  2. Repetições frequentes, com pausas repartidas. Isto é, pratica uma habilidade diariamente, durante um tempo limitado; o importante é definires uma rotina, sem esquecer a importância das pausas!
  3. Pratica mentalmente todos os passos. Esta é engraçada. Existe um estudo que comprova que, após ter praticado uma habilidade (por exemplo, atirar uma bola ao cesto, da maneira correta e simples), podes aperfeiçoar essa habilidade se a… visualizares mentalmente, isto é, se visualizares a melhor maneira de praticar essa habilidade.

Portanto, a conclusão a retirar é a seguinte: queres alcançar os teus objetivos, quebrando “paredes” e limites, pratica. Melhor: pratica até conquistares; pratica até deixar de ser um sonho, e tornar-se numa realidade — os limites apenas existem para aqueles que não querem tentar. Lembra-te disso todos os dias.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s